By 26 de julho

Trabalhos avançaram de 6 para 11% em uma semana

O Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura e do Abastecimento do Paraná divulgou seu relatório semanal trazendo as condições de tempo e cultivo para as principais culturas do estado, de acordo com o levantamento, a colheita da segunda safra de milho avançou para 11% do total. Até aqui, 70% das lavouras estão em maturação, 30% ainda em frutificação.

Os técnicos do Deral classificam 83% das lavouras como em boas condições, 15% das lavouras em médias e 2% em ruins.

Detalhando as regiões paranaenses, o Deral indica que a colheita ocorre somente em áreas pontuais, com predomínio de lavouras em maturação, na região Norte.

O clima úmido está retardando a maturação e postergando a colheita nas regiões Oeste e Centro-Oeste. “O efeito cigarrinha continua sendo o principal fator de queda de produtividade. Apesar disso, o fechamento da safra deverá registrar uma das melhores médias de produtividade”, destaca a publicação.

Na região Noroeste o ritmo de colheita aumento aproveitando as boas condições de umidade dos grãos, mas muitas lavouras ainda se encontram nas fases de frutificação e maturação. “Tem sido identificada variação de produtividade em alguns municípios devido a momentos de seca ocorridos na fase inicial do plantio ou do florescimento”, relatam os técnicos.

Já na região Sul, o milho segunda safra apresenta bom desenvolvimento com lavouras em fase de frutificação e maturação. Porém, devido ao atraso no plantio, alongamento de ciclo e demora na perda de umidade, grande parte ainda não foi colhida.

 

Fonte: Notícias Agrícolas