By 24 de março

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) manteve a expectativa de um elevado crescimento para o setor agropecuário em 2023, com uma previsão de aumento no valor adicionado (VA) de 11,6%.

O VA da produção vegetal deve ter alta de 14,2%, enquanto a produção animal deve crescer 0,8%, em vez dos 1,6% previstos anteriormente.

As novas estimativas para as produções de milho e café na safra 2023/2024 compensaram a revisão para baixo na produção de soja e mantiveram o VA do setor com alta de 11,4%.

Porém, a produção animal teve uma revisão menos otimista, devido a uma desaceleração no crescimento da produção de suínos e um cenário adverso para a produção de leite.

O resultado previsto para o setor agropecuário em 2023 é condicionado, principalmente, à estimativa positiva para a soja, com a colheita acima de 80% em Goiás e praticamente encerrada em Mato Grosso, principal estado produtor.

No entanto, uma nova revisão da safra de soja no Rio Grande do Sul é o principal risco para a produção brasileira desse grão em 2023.

Além disso, a suspensão de embarques da carne bovina para a China e a possibilidade de um novo ano negativo para a produção de leite são fatores que merecem atenção em 2023.

As projeções atualizadas apontam avanços para os demais produtos da pecuária, como bovinos, aves e ovos, mas a revisão menos otimista para a produção animal em 2023 justifica-se pela desaceleração no crescimento da produção de suínos e na manutenção de um cenário adverso para a produção de leite.

A produção vegetal tem um peso significativo no VA do setor agropecuário, correspondendo a cerca de 80%, e a alta elevada da produção vegetal em 2023 tornou-se mais significativa do que o previsto anteriormente pelos pesquisadores do Ipea.

 

Fonte: CANAL RURAL https://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/pib-agropecuario-deve-crescer-116-em-2023-aponta-ipea/