By 10 de setembro

Neste sábado (10) termina o vazio sanitário da soja no Paraná e norte de Rondônia. Já a partir do dia 15 encerra-se o período no sul do estado, além de em São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

No dia 20, é a vez de Santa Catarina, ao passo que Goiás tem autorização para plantar após o dia 24. Seguindo o calendário, dia 30 é dada a largada em Minas Gerais, Bahia, Piauí e Maranhão.

Por isso, é importante que o produtor rural tenha uma estimativa das condições climáticas no decorrer de setembro. Para quem pretende instalar a lavoura nos próximos dias, a notícia é positiva, exceto para Goiás.

A chuva fica levemente abaixo da média histórica no Centro-Oeste e Sul do país em setembro, o que é típico de anos com incidência de La Niña.

No entanto, não há previsão alguma de precipitação em Goiás. Em Rio Verde, o maior produtor de soja do estado, por exemplo, os acumulados de água só se consolidam em novembro. Por lá, em outubro, a previsão aponta no máximo 95 mm, com sete dias de chuva concentradas somente no início e no final do mês.

Ao longo da janela de plantio, o Projeto Soja Brasil trará notícias semanais sobre a quantidade de chuva nos principais estados produtores. Fique atento à página do projeto.